Arquivo | junho, 2009

Eu tenho!

26 jun

Querido Diploma, (graças ao Sr. Gilmar Mendes e cia.) você não vale nada…

diploma Clarissa

… Mas eu gosto de você =)

De verdade!

24 jun

Eis que recebo este e-mail de uma amiga:

CURRICULUM DE BAIANO VERÍDICO
Este currículo foi realmente enviado para algumas empresas.


APRESENTAÇÃO PESSOAL

image001


MEU NOME?Lucas Lopes Batista – 23 anos. Não vou colocar meu cpf porque agora virou moda pedir cpf. Meu nome está no SPC, mas não é por que sou caloteiro é porque estou com um débito alto da faculdade e estou sem grana para pagar. Agora, se vocês me derem a oportunidade de trabalho com certeza pagarei mais rápido.

ENDEREÇO?

Eu moro no bairro de Nazaré – Salvador/ Ba. Não preciso mencionar a rua, pois acredito que no momento vocês não virão me visitar e nem me enviarão correspondências.

CONTATO

O telefone eu posso dar caso vocês queiram me ligar pra marcar uma entrevista. 3242-5486/ 8178-9515
Email: lukaolopes@gmail.com

FORMAÇÃO ACADÊMICA

Estava cursando Produção Editorial na Hélio Rocha. Tranquei por problemas técnicos (no bolso); pretendo resolver o mais rápido possível para voltar logo!

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

A minha é grande! (Para quem tem 23 anos)
Estagiei na Petrobrás Distribuidora S/A. em 2001. Assim que sai de lá fui trabalhar numa locadora de filmes na Graça. Fiquei dois meses porque A Fórmula uma empresa maior (e melhor) me chamou. Comecei lá em 2002e sai em 2005. Foi a empresa que durei mais. Era muito boa. Lá eu aprendi melhor o relacionamento humano, como lidar com colegas de trabalho. Infelizmente o meu horário de trabalho estava atrapalhando na faculdade. (Uma pena, mas a fila anda). Coincidiu que no mesmo mês a Atento (Vivo) me chamou e eram só 6 horas e não atrapalhava na faculdade. Achei que lá era o Paraíso Tropical, mas de Paraíso não tinha nada. Era um trabalho chato e estressante. (Eu sou agitado, apesar de não parecer) detesto ficar sentado muito tempo. Depois de um ano quebrei as correntes da escravidão e fui pra uma locadora falida lá em Vilas do Atlântico (Vídeo Vilas). Lá eram 5 horas e pagava legal, mas como felicidade de pobre dura pouco; eu tinha um chefe-infernal (estilo Meryl Streep em “O Diabo Veste Prada”). Agüentei seis meses e pedi pra sair. Depois de três meses na dança-do-desempregado fui dar aulas de informática no Colégio Mundial (Vila Laura) e lá era tudo ótimo: chefe, colegas, alunos, só que como nada é perfeito, o salário não era lá uma Brastemp.Quando estava me acostumado com o lugar a empresa Politec (que presta serviços pra Caixa) me chamou pra seleção e blá, blá, blá. O salário era melhor e como a grana fala mais alto (ou melhor gritaaaaa!) pedi pra sair do colégio com o broken heart (coração partido), mas fazer o quê? É a vida… é bonita e é bonita…Viver é não ter a vergonha de ser feliz. Agora estou aqui sendo sincero com vocês sabendo que meu New Currículo vai parar na próxima lixeira.

IDIOMA

Antes eu mentia coloca no currículo que tinha Inglês – fluente e Espanhol – básico
Tudo balela! Em Inglês, só sei “What´s your name, How are you” e etc.
Aliás, não sei pra que pedem inglês no currículo, sei da importância de possuir um idioma e pretendo aprender o inglês e outra língua que puder, mas realmente inglês para exercer funções simples é desnecessário.

CURSOS

Tenho os básicos Telemarketing, Informática (já com Windows Vista), Atendimento a Clientes e Vendas, Relacionamento Humano, Comédia Coorporativa.

TALENTOS

Não é querendo me gabar, mas é o que eu possuo de melhor, infelizmente nos cargos que ocupei não tive a oportunidade de mostrar meus talentos. Só na “A Fórmula” é que tive a oportunidade de organizar alguns eventos e mostrar um pouco minhas facetas.

Obs: A iniciativa de criar este currículo foi para inovar, porque assim vocês ficam me conhecendo melhor e evitam o transtorno de me chamar para uma entrevista, fazer eu gastar R$ 4,00 de transporte e me reprovarem numa dinâmica. Poupa meu bolso e poupa o tempo de vocês. E tem mais! Este currículo é só para pessoas dinâmicas e com a cabeça aberta. Se você for antiquado (a), museu, tiver alma de “velho”, com certeza jogará este currículo na lixeira. Mas estará perdendo a grande oportunidade de me conhecer! Desde já agradeço a atenção.

______________________________________________________________________________

Eis que adorei, ri muito e fiquei morrendo de vontade de saber ser era real ou fake (hoje em dia, não tá fácil né…).
Aí a curiosidade imperou sobre a minha pessoa (normal) e mandei um e-mail pro tal do Lucas (o que ele colocou no currículo), só pra ver qual era…

Eis que ele respondeu! Ele existe e escreveu mesmo tudo aquilo:

Obrigado! E como meu curriculo anda circulando na internet a galera fez algumas alterações do tipo: lucas o bom, curso de empacotador, acaraje, empresa lixo, não escrevi estas coisas e por isso fica chato, mas estou enviando meu curriculo ORIGINAL anexo e segue também o link de uma entrevista que uma emissora fez comigo:

http://www.youtube.com/watch?v=X8_94DwO2FI


Desculpem a demora em responder é que recebo vários emails diariamente e tenho que responder todos, mais uma vez obrigado!

________________________________________________________________________

Geeente! Tudo de verdade! Vejam a matéria no link que ele enviou! É…Essa tal Internet é fogo mesmo. Fico de face!

Finais

23 jun

“A vida passa, o tempo voa”, a correria só aumenta e tem dias que não consigo passar por aqui. Aí ficam faltando “the ends” de histórias que contei. Ou, na linguagem jornalística, algumas suítes (quem tem diploma de jornalista sabe o que é suíte, ego!).
Minha visita ao Ateliê hoje é justamente para isso: atualizá-los sobre dois causos. O primeiro diz respeito à agressão que sofri no início do ano, pelo proprietário da loja Estrela Persa – que está aqui. Eis que, após o ocorrido, dei continuidade ao caso, fiz um B.O, e muito tempo depois, fui intimada a depor na delegacia da mulher (pra onde obviamente a queixa foi encaminhada). Abri um processo judicial, e na semana passada, teve uma audiência, na qual eu compareci, devidamente acompanhada de um advogado e seu estagiário (lindo o rapaz, precisam ver!), ao contrário do “Sr. Tapetes”, que não foi. Parece que o Sr. Hamad Reza Badiei Gavarti estava no Irã (deve ter ido votar. Não que isso tem valido pra alguma coisa…). Portanto, com a ausência do réu na sessão – que tentaria (em vão) a reconciliação das partes – o processo segue, agora com pedido formal de indenização, por danos físicos e morais. Claro que isso deve demorar um pouco bastante…
O outro causo, contado no post Ervianópolis, teve um happy end. A Gláucia foi uma fofa, arcou com todas as despesas da batida, e meu carro tá bonitinho de novo. Eba!
No mais: eu apoio o Blog da Petrobras e repudio a decisão do STF contra a obrigatoriedade do diploma em Jornalismo.
Bjomeliga!

Maria linda Catarina

18 jun

Da sessão “tenho, adoro e recomendo”, deixo aqui uma amostrinha da coleção de Inverno 2009 da Maria Catarina. Como estou numa fase super fã das carteiras e bolsinhas de mão (aliás, a minha branca – bem parecida com aquela primeira – já tá meio encardida tadinha, precisando de um trato urgente!), selecionei algumas pro Ateliê, mas tem muitos outros estilos e tamanhos disponíveis.
Quem já conhece – como a jornalista COM diploma que vos escreve – sabe do que eu tô falando: as bolsas são uma graça e dá vontade de ter vááárias! E o preço é ótimo também: entre R$ 60 e R$ 150.

MariaCatarina4

DSC03954

MariaCatarina1MariaCatarina3

MariaCatarina5
Interessou? Aqui tá o link no Orkut da responsável pelas fofuras, a Simone Elias. Ela trabalha sob encomenda e o e-mail para contato é: moni.elias@hotmail.com.

Criatividade vale presente!

17 jun

O Beiramar Shopping divulgou ontem os nomes dos ganhadores do concurso cultural “Presente do Coração”, realizado na última semana em função do Dia dos Namorados. O shopping recebeu quase duas mil declarações de amor e premiou as dez melhores com vale-compras de R$ 1 mil. Todas as frases vencedoras podem ser lidas no site do Beiramar, neste link.

Na minha opinião, a melhor foi essa:

De: Luísa

Para: Mateus

“CONFIDENCE” – Nossa história de amor no BEIRAMAR SHOPPING. SOMEDAY, em um dia de CHUVISCO, estava ALL GRILL, SOLOPIZZA, no BEIRAMAR SHOPPING. Sentia falta de algo, não sei ao certo se era da COMPANHIA DO MAR, DO FRANGO ou DO HOMEM. Mas aí você apareceu, dizendo OI, e eu disse: – UATI? O que KOERICH de mim? E você: – Você parece minha amiga THAYSE, mas muito mais FEMINI, mais ELETRIC GIRL. Ficamos a tarde toda de BLAU-BLAU, curtindo no PLAYLAND. Não faltava EVIDÊNCIA que esta ÓTMA história de MENINOS E MENINAS ia dar em namoro. Hoje meu amor não CONTÉM apenas 1G, somo que nem LILICA E TIGOR, PLAYERS do amor. Meu AMORATTO, você é GOLDEN, sem você eu não VIVO. Nos conhecemos no CORAÇÃO DA CIDADE e hoje, é CLARO, que você está em meu coração. Com ABSOLUT certeza eu TIM amo, você é a PAX do meu dia a dia e eu sou a sua MADAME DIVINA.

__________________________________________________________________________

Adorei!

Moda da Índia invade o varejo brasileiro

15 jun

No Brasil é assim: não há passarela mais influente do que a novela das oito da Rede Globo. Se Glória Perez situa sua trama na Índia, de imediato o País se torna a bola da vez e o comércio tem que correr atrás para atender o desejo dos consumidores. Ainda mais se conta com uma mãozinha do Oscar, que deu oito prêmios a uma película filmada em Mumbai, incluindo a de melhor filme.

A Índia ficou em voga no Brasil, graças à novela Caminho das Índias, da Globo, e o comércio não teve como se reestruturar tão rápido quanto seria necessário. O processo de importação leva aproximadamente nove meses. Se assim fosse, até as peças chegarem ao país, a moda já teria passado. É aí que a febre indiana se rende ao jeitinho brasileiro. Para atender à demanda, o comércio teve que se adaptar.

Em Florianópolis, na loja Elementais, a empresária Nadir Boa Sorte comemora essa onde de carona no ´boho´ e suas batas estampadas e confortáveis. Apesar de não ter uma estimativa, ela percebe que depois da novela global aumentou a procura por caftãs que estão à venda há pelo menos duas temporadas na Elementais. A produção da marca, no entanto, é totalmente made in Brasil: “Desenvolvemos com tecelagens locais a estamparia indiana. Mesmo no inverno nossas peças são coloridas e alegres, e neste momento, tem tudo a ver com a moda ditada pela Índia”, explica.

elementais11-inverno09

Nem todos tiveram que correr e dar um jeito para se adequar à moda. Para as lojas que já investiam nos produtos indianos, a onda pró-Índia iniciada pela novela e pelo filme só ajudou. Afinal, esses estabelecimentos sempre tiveram seu público fiel, independente das últimas tendências. Em alguns casos, o que há é apenas uma ampliação no mix de produtos, conforme o que é mostrado na TV.

A loja Via Bali, na Lagoa da Conceição,  trabalha há 15 anos com produtos orientais e possui um público cativo. “Nós temos clientes fiéis, que consomem roupas, artesanatos, bijuterias e outros acessórios vindos daquela região rotineiramente”, explica a empresária Fernanda de Brito, que cria as coleções da marca. As peças vendidas na Via Bali são fabricadas no oriente e importadas para o Brasil , mas são produzidas exclusivamente para se adaptar ao gosto das mulheres ocidentais.

Fernanda conta que as peças indianas fazem sucesso por aqui porque se encaixam ao estilo das  mulheres práticas, que não abrem mão do conforto mesmo quando desejam estar bem arrumadas. Com a novela, a empresária tem percebido o aumento da curiosidade por produtos indianos em sua loja. “A TV aguça o interesse das pessoas por toda a cultura do oriente, seja pelas tradições, pela gastronomia ou pela moda. Na Via Bali temos, por exemplo, sáris muito parecidos com os usados pelas atrizes de Caminho das Índias, em seda pura e com as bordas douradas”, lembra Fernanda.

viabali4-inverno09

A Arezzo também percebeu a tendência e desenvolveu a Edição Limitada Índia que chegou às lojas no último sábado (13/06). Inspirada no país que habita o imaginário brasileiro desde o início da novela da Globo, todas as personagens do núcleo indiano usam calçados e bolsas que foram desenvolvidos especialmente pela marca. Programada para permanecer nas lojas do Beiramar Shopping, Iguatemi, centro de Florianópolis e Balneário Camboriu até 23 de junho, a coleção aposta em bolsas e rasteiras decoradas com pedrarias, sapatilhas bordadas e de tressê de couro e colares com shapes étnicos que evidenciam combinações de cores típicas indianas, como laranja e pink. A iniciativa é parte do novo projeto Arezzo batizado de Edições Limitadas, que prevê a chegada de novidades nas lojas da rede a cada dez dias.

chinelo de pedras

Blogs…

9 jun

Aproveitando a polêmica sobre o blog da Petrobras (e eu apoio essa causa!), coloco aqui o oposto do belo exemplo dado pela estatal nessa semana. Vejam o post de um blog local (Florianópolis – SC):

blog Cacau

Tudo certo (mesmo sendo ctrl c + ctrl v) se não fosse um simples detalhe: a tal inauguração de “ontem” estava acontecendo no momento em que eu lia a nota, muito depois de ter sido postada e muito depois de “ontem”. Ok, falhas acontecem. Colunista se confundiu, trocou as datas e errou. Mas erros podem e devem ser corrigidos. Deixei um comentário alertando sobre o equívoco e.. adivinhem? Nunca foi sequer publicado (todos os comentários passam por uma “avaliação” prévia antes de aparecer ali), muito menos respondido ou considerado para a correção que se fazia necessária.
Tsc tsc… Aulinha de transparência ia bem.