Tag Archives: chuva

Solidariedade – falta de

9 mar

Ontem a chuva que caiu durante quase todo o dia em Florianópolis trouxe novembro de 2008 de volta. E o Fantástico também, que foi a Blumenau e Ilhota três meses depois da tragédia do ano passado. A tristeza também voltou. Os dramas e relatos dos sobreviventes ainda me arrepiam e entristecem. Como me entristeceu história que ouvi semana passada sobre este mesmo assunto, mas sob outro ponto de vista.

Enquanto as cidades vizinhas, o estado e o Brasil inteiro se mobilizava pra enviar ajuda e socorro pra cá, algumas fábricas da região atingida, lideradas por descendentes alemães, exigiam cumprimento do horário de trabalho. Ouvi isso, estarrecida, de quem passou por esta cobrança “trabalhista”. Impossibilitada de voltar para a sua cidade, no Vale do Itajaí, estilista de uma empresa do setor têxtil ficou em Florianópolis por três dias a mais que o previsto. Três dias em que o mundo desabava em água sobre SC. Mas três dias “úteis” para a fábrica na qual trabalhava/trabalha. Muitos funcionários tinham sido diretamente atingidos pela chuva e haviam perdido tudo: casa, família, uma vida inteira, mas ainda assim, três dias “úteis”. Quando conseguiu pegar a estrada, retornar à cidade e ao trabalho, a tal profissional foi cobrada por sua chefe, que logo quis saber quando ela cumpriria as horas que estava devendo… Afinal ela faltara três dias só por causa da chuva =)

Chuva que causou uma das maiores catástrofes naturais do país. A chefe sensata e sensível devia dar a mão pro nosso (futuro ex?) governador e sair pro mundo. Ele com os turistas que ameaçavam não vir passar as férias no litoral catarinense, e ela com as importantíssimas horas úteis. “Sair pro mundo” pra não dizer outra coisa.

Chinelinho fashion

16 dez

alto-verao-clientes20-20rasteiras20de20borracha

Recebi pelo mailingo do Beiramar agora e gostei.

Pra quem vai passar a virada de ano na praia, ótima opção. Pra quem não vai, ótima opção também. Perfeita para o Verão e nada a ver com essa chuva (e ela voltou! galocha saiu do armário!).

Vamos ver se gosto do preço… Depois falo pra vocês.

Chuva pra sempre?

24 nov

Acreditando nas previsões mais pessimistas, teremos chuva até março de 2009. Pode ser boato, especulação, lenda (I hope so!), mas, quem duvida disso é louco, afinal, já são quantos meses convivendo com ela diariamente? Seriam “só” mais 16 semanas assim, e segundo o prefeito Dário Berger em entrevista à CBN ontem de manhã, já chove há 17 semanas. Portanto, se este período de águas infinitas realmente se concretizar, nosso verão irá por água abaixo (!). Aí, esqueçam biquíni, guarda-sol, cadeira de praia, protetor solar, etc. e invistam em itens mais úteis para a temporada Chuva Eterna 08/09 em Floripa. Abaixo uma seleção do que precisaremos para os próximos meses:

Bóia colorida pra quebrar os dias cinzentos

Bóia colorida pra quebrar os dias cinzentos

pé de pato é o que há!

Nada de sandálias: pé de pato é o que há!

Coletes!!!

Coletes!!!

Este guarda-chuva para nos lembrar como é o céu azul...

Este guarda-chuva para lembrar como é o céu azul...

Galochas, é claro!

Galochas, é claro!

Capa de chuva para o dia...

Capa de chuva para o dia...

...e para a noite!

...e para a noite!

Ah! Fiz minha parte na campanha “Volta Sol Pelamordedeus”: depois de três meses “compro/não-compro”, acabo de adquirir meu par de galochas (meninas, uma mais linda que a outra no Galochas Online). Ou seja: é provável que o Sol apareça! Mas tudo bem, não ficarei brava, no fundo, este foi o objetivo (mentira) real da minha aquisição.

Chove chuva

22 nov

123689post_foto

Perfeita! Esta imagem dispensa qualquer comentário. Tá fods…

Sim, Ateliê está com design novo! Porque mudar é legal! Só falta uma “logo” nova. Enquanto não encontrar uma que goste tanto quanto desta que a Ju querida fez pra mim, ficará assim.

É hoje (2)!

21 nov

Sexta-feira, e como de costume, chove. Mas como de costume também tem Clube da Luta no Célula. As atrações de hoje são Luciano Bilu, Aerocirco e Os Berbigão.  Espero que a Ilha não afunde até de noite, e espero conseguir chegar (de barquinho, talvez).  Já tenho a minha banda preferida (e quem me conhece um pouquinho, sabe qual é. E quem não me conhece, é só olhar nos links ali do lado), e vou lá prestigiá-los again, mas quem ainda não viu o trabalho deles, vale à pena, povo.
Pedi uma imagem pra amigo meu, baixista de uma das bandas (a tal minha preferida), pra ilustrar este post. Aí ele mandou:

1226773770819_f1

Aí eu não entendi NADA. “Tá, o quê quer dizer isso aí?”. Ele também não sabia me explicar o surrealismo e a inspiração do autor da arte. Alguém entendeu, aliás?! Será que é dessas que não é pra entender?! Ainda bem que tinha outro flyer, pra leigos, como eu:

flyer-dia-21alternativo1
É isso. E dá-lhe chuva…
P.S: Figuera!

Chega?

29 out

Hoje, pra sair de casa em Floripa, só com uma dessas galochas (lindas e fofas, que vou ter que buscar lá em Londres, já que não me trouxeram uma, hahaha), fala sério…
Chega de chuva, né?! Saí de Joinville, mas a bendita veio atrás.
Tô virando sapo. E não tô gostando.
Acho que o número destes bichinhos deve estar aumentando consideravelmente por aqui.  Depois reclamam que eles aparecem em lata de pêssego. Ui!